• Ao comprar este item você receberá 51 pontos!

MENTE, CEREBRO E FILOSOFIA VOL. 9 - WITTGENSTEIN, RUSSELL E SELLARS

Mais Imagens

MENTE, CEREBRO E FILOSOFIA VOL. 9 - WITTGENSTEIN, RUSSELL E SELLARS
R$12,90

Disponível: Sem estoque


Descrição

Detalhes



ESPECIAL MENTE, CÉREBRO & FILOSOFIA - O SÉCULO XX

EDITORIAL

WITT GENSTEIN PRIVACIDADE
LUDWIG WITT GENSTEI N
Em seus textos, Wittgenstein empreende a dissolução de velhos problemas filosóficos, mediante a correção dos empregos equivocados das palavras

WITTGENSTEIN INTENCIONALIDADE
INTENCIONALIDADE EM WITT GENSTEIN
A crítica sistemática, baseada na linguagem, de concepções tradicionais da filosofia e da psicologia

WITTGENSTEIN MEMÓRIA
O TEMPO DA MEMÓRIA
Uma incursão pela filosofia da psicologia, fundamentada em uma “terapia gramatical”

WITTGENSTEIN VONTADE
FATOS GRAMTICAIS
Uma tentativa de esclarecer as confusões gramaticais que colocam a “sensação de vontade” como intermediária para distinguir ações voluntárias de involuntárias

WITTGENSTEIN COR
AS CORE S EM WITTGENSTEIN
Wittgenstein questiona a reflexão tradicional sobre os fenômenos cromáticos, mostrando que o conceito puro de cor não existe

WITTGENSTEIN PSICANÁLISE
WITTGENSTEIN E A PSICANÁLISE
Em sua crítica a Freud, o filósofo afirma que os jogos de linguagem do consciente e do inconsciente não raro são confundidos pelo criador da psicanálise

RUSSELL INTRODUÇÃO
BERTRA ND RUSSELL
Em sua teoria do conhecimento, Russell considerou, de início, a mente e a matéria como tipos de coisas essencialmente distintos. Mais tarde, porém, o filósofo mudou de opinião

RUSSELL MONISMO NEUTRO
UM MUNDO FEITO DE SENSAÇÕES
Depois de sua adesão ao monismo neutro, Russell passou a sustentar que as sensações são os constituintes últimos de tudo o que existe

SELLARS FILOSOFIA DA MENTE
WILFRID SELLARS
Contestando o “mito dos dados sensoriais”, que estaria na base dos equívocos tanto do empirismo quanto do racionalismo cartesiano, Sellars constrói sua versão da filosofia da mente

 Mente, Cérebro & Filosofia

Sumário

Summary

Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE /* Style Definitions */ table.MsoNormalTable {mso-style-name:"Tabela normal"; mso-tstyle-rowband-size:0; mso-tstyle-colband-size:0; mso-style-noshow:yes; mso-style-priority:99; mso-style-parent:""; mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt; mso-para-margin-top:0cm; mso-para-margin-right:0cm; mso-para-margin-bottom:10.0pt; mso-para-margin-left:0cm; line-height:115%; mso-pagination:widow-orphan; font-size:11.0pt; font-family:"Calibri","sans-serif"; mso-ascii-font-family:Calibri; mso-ascii-theme-font:minor-latin; mso-hansi-font-family:Calibri; mso-hansi-theme-font:minor-latin; mso-bidi-font-family:"Times New Roman"; mso-bidi-theme-font:minor-bidi; mso-fareast-language:EN-US;} MENTE  CEREBRO E FILOSOFIA VOL.9 WITTGENSTEIN, RUSSELL E SELLARS - JOGO DE LINGUAGEM E PSICOLOGIA FILOSÓFICA A edição nº 9 de Mente, Cérebro & Filosofia – O Século XX focaliza uma profunda renovação do pensamento empreendida nas primeiras décadas do século XX. O desenvolvimento da matemática levou à valorização da lógica como esfera do conhecimento, modificando o relacionamento entre filosofia e psicologia. Os artigos, escritos por especialistas, focalizam as contribuições de três pioneiros dessa renovação: Bertrand Russell, Wilfrid Sellars e Ludwig Wittgenstein. Desde a aproximação entre física e psicologia feita pelo britânico Russell até a crítica de Sellars ao “mito do dado sensorial”. O filósofo austríaco Wittgenstein examina diferentes jogos de linguagem associados a práticas de vida e mostra que seu uso cotidiano ajuda a evitar muitas confusões que surgem quando são empregados na reflexão filosófica.
Informação Adicional

Informação Adicional

editora Duetto
Categoria Revista
Autor MENTE&CEREBRO
ISBN Não
ISBN-13 9788599535585
Edição Não
Ano de Lançamento Não
Número de Páginas 0
Indisponível no fornecedor Não
Calcule o Frete

Calcule prazo de entrega e frete:

 

 

20%

30%