WHATSAPP (71) 99170-0494 - Seg a Sex das 8h às 17h

Mentiras convenientes - a fraude do "" aquecimento global ""

Mais Imagens

Mentiras convenientes - a fraude do "" aquecimento global ""
R$50,00

Disponível: Em estoque

Descrição

Detalhes

Prefácio

Apresentação

1 O planeta Terra, seus ciclos naturais e a espécie humana

Planeta Terra: origem e fragilidade

Tabela 1.1: eras geológicas e características do planeta Terra

O perigo que está no fundo do mar (o gelo de metano)

O perigo que vem do ar: meteoros e meteoritos

Os movimentos naturais da Terra e os fenômenos de

aquecimento/resfriamento global

Figura 1.1: o movimento de rotação da Terra (o que define o dia e a noite)

Figura 1.2: o movimento de translação da Terra, em relação ao Sol (o que define as estações do ano no hemisfério Sul)

Figura 1.3: o movimento de precessão da Terra (comparado com o movimento de um pião)

Figura 1.4: o movimento de nutação da Terra (oscilações em relação à precessão)

A espécie humana: origem e evolução

O início e a evolução do progresso humano

A espécie humana tem condições de alterar o clima da Terra?

2 “Aquecimento global”: a grande mentira conveniente?

Um pouco de história sobre a problemática ambiental

O efeito estufa

O “aquecimento global” do IPCC

“Aquecimento global”: a grande mentira conveniente? Outras opiniões
O escândalo do “Climagate” e o gráfico do Taco de Hóquei (Hockey Stick)

Quais interesses existem por trás desta grande mentira (?), ou seja, do “aquecimento global”, como alardeada pelo IPCC?

Justiça americana reconhece “aquecimento global” do IPCC!!!

3 “Aquecimento global” e mudanças climáticas: “terrorismo ambiental científico” ou fenômenos naturais cíclicos?

Derretimento dos Pólos e geleiras

Agressões ao homem, às espécies animais e vegetais e problemas na agricultura

Elevação do nível dos mares

Aumento da temperatura média global

Emissão de CO2 na atmosfera

Emissão de micropartículas (fuligem) na atmosfera

Catástrofes devido o “aquecimento global”

A mudança natural do Pólo Norte magnético

4 As muitas mentiras convenientes

Dados científicos da variação anual das temperaturas médias globais (entre 1990 e 2011) comprovam: o “aquecimento global” do IPCC é uma grande mentira!!!

O “buraco” na camada de ozônio

Alimentos orgânicos e produtos ecológicos

O carro elétrico

A neutralização de carbono, devido plantio de árvores

Os países “verdes” ou ecológicos

O capitalismo natural e a economia verde

Sustentabilidade e desenvolvimento econômico sustentável

O “mercado” do crédito de carbono

Devemos usar sacolas de papel, ao invés das de plástico (?)

A biomassa (agroenergia) poderá suprir as necessidades energéticas da população mundial

A reciclagem resolverá todos os problemas ambientais (e a reutilização?)

A ética e a responsabilidade socioambiental

A atuação de ONGs e instituições “socioambientalistas”

As queimadas na Amazônia afetam em muito o aquecimento global

5 Consumismo, individualismo e desperdícios: as verdades inconvenientes

Os males que ameaçam a humanidade (ou as três verdades inconvenientes)

O consumo socioambiental responsável

Desperdícios na produção de bens

Produção e consumo de água

Tabela 5.1: produtos e consumos de água

Como a redução dos desperdícios e do consumismo, podem ajudar a reduzir os impactos ambientais?

Como os desperdícios transformam o Brasil em um país rico com um povo pobre?

6 “Aquecimento global” ou crise do capitalismo? O que esta ideologia fará (já está fazendo?) para se manter e perpetuar?

As diversas crises do petróleo

O capitalismo encontra a solução para reduzir o “aquecimento global” e se perpetuar. A política da agroenergia

O gás não convencional ou gás de xisto: a nova solução energética da humanidade?

7 É possível reverter o “aquecimento global” e impedir as mudanças climáticas? Existem soluções tecnológicas?

Qual a solução? O que fazer? Qual futuro nos espera?

Considerações finais

Referências
Sumário

Summary

Aquecimento e resfriamento global, variações de concentrações de CO2 na atmosfera, mudanças climáticas, derretimento dos polos, elevação e redução dos níveis dos mares e alterações do campo magnético são fenômenos naturais e cíclicos do nosso planeta, desde sua criação há 4,6 bilhões de anos. Por que isto não é divulgado? A quem convém aterrorizar milhões de pessoas, ameaçando-as com um verdadeiro apocalipse ambiental? Por que não se divulga que, em verdade, a queima de combustíveis fósseis emite micropartículas (fuligem) para a atmosfera, além de aumentar a concentração do ozônio de baixa altitude, ambos responsáveis por sérios problemas de saúde? Energias renováveis como eólica, solar, dos mares e da biomassa, também, dependem de derivados de petróleo (plásticos) e metais, ou seja, recursos não renováveis, que acabarão um dia. Estes sim são problemas graves. Como produziremos energia, sem estes recursos minerais? Em 2013, caso os cerca de 7,2 bilhões de habitantes da Terra vivessem no mesmo padrão de vida da classe média americana ou europeia, seriam necessários cinco planetas para nos abastecer com recursos. Caso estes 7,2 bilhões fossem viver no padrão dos ricos, em todo o mundo, seriam necessários de 10 a 12 planetas Terra! Como isto seria possível? Quem está em crise: o planeta Terra ou a espécie humana? É possível ter crescimento econômico e “boa vida” sem destruir o planeta? Vários dados e pesquisas confirmam que o atual ciclo natural de aquecimento da Terra parou entre 1998 e 2000 e que lentamente caminhamos para um leve período de resfriamento global!
Detalhes do Produto

Detalhes do Produto

editora Wak
Autor JOSE ABRANTES
ISBN-13 9788578542382
Edição
Ano da edição 2013
Número de Páginas 232
Calcule o Frete

Calcule prazo de entrega e frete: