WHATSAPP (71) 99170-0494 - Seg a Sex das 8h às 17h

O divino mercado - a revolução cultural liberal

O divino mercado - a revolução cultural liberal

Preço: R$54,00

Preço Promocional R$46,98

Disponível: Em estoque

Descrição

Detalhes

Introdução, 11

1. A relação consigo: Aceitarás ser conduzido pelo egoísmo!, 19

Individualismo, narcisismo ou egoísmo?, 20

O egoísmo gregário como princípio do rebanho pós-moderno, 23

A familía virtual e a disponibilidade dos ceérebros: "Não pensem! Gastem!", 25

Um estádio do espelho televisual, 44

2. A relação com o outro: Utilizarás o outro como um meio para chegares a teus fins!, 51

Duas diferenças: sexual e entre gerações, 51

Sexo e gênero, 55

Mudar de gênero e mudar de sexo, 61

O outro sou eu, 68

3. A relação como o Outro: Poderás venerar todos os ídolos da tua escolha, contanto que adores o deus supremo, o Mercado!, 77

A pós-modernidade: sem deus ou com deuses demais?, 78

O amor de deus, 80

Uma prova Providência: o Mercado?, 85

Uma guerra de religião pós-moderno!, 93

4. A relação com o transcendental: Não fabricarás Kant-a-se no intuito de te subtraítes ao arrebanhamento!, 97

A saída do religioso: a via transcendetal, 100

A volta ao religioso: laissez-faire, é Deus quem faz!, 111

5. A relação com o político: Combaterás todo governo e defenderás a boa governância!, 119

Corporate governance, 120

A ótima governância, 126

A "sociedade civil" contra o Estado, 132

6. A relação com o saber: Ofenderás todo mestre em posição de te educar!, 137

A doxa pós-moderna: "A escola é uma prisão", 139

Defesa da scholé, 147

7. A relação com a língua: Ignorarás a gramática e barbarizarás o vocabulário!, 169

Com que direito, as senhoras e os senhores falam da língua? 171

Da novilíngua - em suas seis características, 184

8. A relação com a lei: Violarás as leis sem seres apanhado!, 209

O crime compensa, 212

Extinsão da lex em proveito do decreto, do procedimento e da negociação, 221

9. A relação com a arte: Arrebentarás indefinidamente a porta já aberta por Duchamp!, 239

A "verdadeira" subversão, 240

A "comédia" da subversão, 244

10. A relação com o inconsciente: Libertarás tuas pulsões e buscarás um gozo sem limites!, 253

A transdução, 254

De uma luta homérica entre dois grandes psicanalistas: Mandeville e Freud, 258

Ficções e funções paterna, 267

Conclusão, 277


Sumário

Summary

Os vícios privados fazem a fortuna pública - essa fórmula hoje banal escandalizou a Europa das Luzes ao ser enunciada pela primeira vez em 1704 por Bernard de Mandeville. No entanto, esse médico, precursor desconhecido do liberalismo, estava apenas enunciando a moral perversa que, para além do Ocidente, hoje rege o planeta. Ela está no cerne de uma religião que, daqui por diante, parece reinar sem restrições, a do Mercado - se as fraquezas individuais contribuem para as riquezas coletivas, não é melhor privilegiar os interesses egoístas de cada um?

Como filósofo, Dany-Robert Dufour prossegue, nesta obra, suas indagações sobre as evoluções radicais de nossa sociedade. Ao apresentar, em outros tantos capítulos, os inquietantes ! dez mandamentos" que resultam da moral neoliberal hoje dominante, ele analisa os abalos que ela provoca em todos os domínios: a relação de cada um consigo e com o outro, com a escola, a política, a economia e a empresa, o saber, a língua a Lei, a arte, o inconsciente. E demonstra, assim que uma verdadeira revolução cultural está em marcha.Que vai nos levar até onde?

Sobre o Autor

Sobre o Autor

Dany-Robert Dufour

Filósofo, é professor de Ciência da Educação na Universidade Paris-VIII, diretor de programa no Collége international de philosophie. É autor de numerosas obras, entre elas Mistérios da trindade, Lacan e o espelho sofiânico de Boehme e A arte de reduzir as cabeças, publicadas pela Companhia de Freud Editora.

Detalhes do Produto

Detalhes do Produto

editora Cia de Freud
Autor DANY-ROBERT DUFOUR
ISBN-13 9788577240586
Edição 1
Ano da edição 2008
Número de Páginas 285
Calcule o Frete

Calcule prazo de entrega e frete: