WHATSAPP (71) 99170-0494 - Seg a Sex das 8h às 17h

O heroi nos mitos gregos em arteterapia e educaçao

Mais Imagens

O heroi nos mitos gregos em arteterapia e educaçao
R$80,00

Disponível: Em estoque

Descrição

Detalhes

Prefácio

Introdução

 

Capítulo I

A busca de significado

O mito do herói

Atividades criativas com a imagem do herói

 

Capítulo II: Prometeu e o Roubo do Fogo dos Deuses

Narrativa do mito

Leitura simbólica

O mito de Prometeu nas artes

Possibilidades criativas do mito

 

Capítulo III: O Suplício de Sísifo

Narrativa do mito

Leitura simbólica

O mito de Sísifo na arte

Possibilidades criativas do mito

 

Capítulo IV: Eco e Narciso

Narrativa do mito

Leitura simbólica

O mito de Eco e Narciso na arte

Possibilidades criativas do mito

 

Capítulo V: Dédalo e Ícaro

Narrativa do mito

Leitura simbólica

O mito de Dédalo e Ícaro nas artes

Possibilidades criativas do mito

 

Capítulo VI: Os 12 trabalhos de Hércules

Introdução

O mito de Hércules

Leitura simbólica

Os doze trabalhos de Hércules

 

Primeiro trabalho – matar o Leão de Nemeia

Leitura simbólica

Possibilidades criativas do mito

Segundo trabalho – dominar a Hidra do Pântano de Lerna

Leitura simbólica

Possibilidades criativas do mito

 

Terceiro trabalho – capturar o Javali de Erimanto

Leitura simbólica

Possibilidades criativas do mito

 

Quarto trabalho – capturar a corça sagrada

Leitura simbólica

Possibilidades criativas do mito

 

Quinto trabalho – afugentar os pássaros do Pântano de Estinfale

Leitura simbólica

Possibilidades criativas do mito

 

Sexto trabalho – limpar os estábulos do Rei Augias

Leitura simbólica

Possibilidades criativas do mito

 

Sétimo Trabalho – capturar o Touro da Ilha de Creta

Leitura simbólica

Possibilidades criativas do mito

 

Oitavo trabalho – capturar as éguas de Diomedes

Leitura simbólica

Possibilidades criativas do mito

 

Nono trabalho – tomar o cinturão da rainha das amazonas

Leitura simbólica

Possibilidades criativas do mito

 

Décimo trabalho – capturar o Gado Vermelho de Gerião

Leitura simbólica

Possibilidades criativas do mito

 

Décimo primeiro trabalho – a captura de Cérbero

Leitura simbólica

Possibilidades criativas do mito

 

Décimo segundo trabalho – colher as maçãs de ouro

Leitura simbólica

Possibilidades criativas do mito

 

O mito de Hércules nas artes

 

Considerações finais

Referências

Sumário

Summary

Há muito tempo, o ser humano armazena a memória mítica, na qual guarda lembranças de um lugar distante, onde conviviam deuses, semideuses, humanos e outros seres. Os antigos poetas gregos deram vida a essa memória mítica ao escreverem as mitologias, as quais foram apresentadas ao público nos teatros gregos. O poder do mito perdura no imaginário da humanidade, o arquétipo do herói transpôs as barreiras do tempo e se manifesta com intensidade no mundo contemporâneo. Ao reconhecer o aspecto numinoso do mito, as autoras adaptaram a linguagem mitológica à atualidade, analisaram os significados simbólicos, criaram sugestões de atividades educacionais e arteterapêuticas. O livro também é ricamente ilustrado com obras de diversas épocas e estilos, que ampliam o conhecimento sobre a história da arte e estimulam a criatividade, a reflexão e a elaboração dos conteúdos intrínsecos, que colaboram com o desenvolvimento psicológico. Contém sugestões de questões e técnicas expressivas para serem desenvolvidas em sala de aula ou em processo arteterapêutico. 

Sobre o Autor

Sobre o Autor

Sonia Maria Bufarah Tommasi Nasceu em São Paulo, sua alma é do mundo, voa nas asas do vento, ministrando cursos de Arteterapia por todo o Brasil. Formada em Psicologia desde 1979, quando iniciou a carreira de professora universitária e de pós-graduação. Amante da psique humana, tornou-se mestre em Psicologia da Saúde, doutora em Ciências da Religião, especialista em Psicologia Analítica e Musicoterapia, com notório saber em Arteterapia. Na busca de novos conhecimentos em Arteterapia, Psicologia e Filosofia, escreveu e organizou livros nas áreas da saúde e educação, tais como: “ArteTerapia e Loucura”; “Revisitando a Ética com Múltiplos Olhares”; “Arteterapeuta um Cuidador da Psique”; “Pensando a Arteterapia com Arte, Ciência e Espiritualidade” (Vetor Editora); “Origâmi em Educação e Arteterapia”; “Envelhecer com Sabedoria” (Paulinas). Fundou a OSCIP Arte Sem Barreiras. Fundou e é atual presidente da Associação Catarinense de Arteterapia (ACAT). É membro do conselho da União Brasileira das Associações de Arteterapia (UBAAT). Lúcia Fernanda Misse Soares Psicóloga, iniciou seus estudos nos cursos ministrados pelo professor Pethö Sandor, um dos pioneiros da Psicologia Analítica no Brasil. Com Especialização pelo Instituto Sedes Sapientiae de São Paulo, é mestre em Psicologia, docente em cursos de graduação e pós-graduação, orienta grupos de estudo, dedicando-se aos temas da Psicologia Analíca de Jung, leitura simbólica, mitologia, arte e técnicas expressivas em Psicoterapia. Com Sonia Tommasi, é coautora de trabalhos sobre a arte de Frida Kahlo.

Detalhes do Produto

Detalhes do Produto

editora Wak
Autor Sonia Bufarah Tommasi e Lucia Fernanda Misse Soares
ISBN-13 9788578543150
Edição 1
Ano da edição 2015
Número de Páginas 224
Calcule o Frete

Calcule prazo de entrega e frete: